Kleber Caramello

Kleber Caramello formado em Publicidade e Propaganda, Pôs –graduado em Marketing, credenciado no Conselho Regional de Educação Física/DF.
Sou proprietário de uma academia de musculação ,administro meu site www.supino.com.br (web site de esportes de força mais visitado da América-latina) colunista da

revista da revista Musculação e Fitness da NABBA/FEPAM (coluna Anistia do Ferro, que trata exclusivamente de esportes de força).
Comecei no esporte no ano de 97 no Rio Grande do Sul aonde morava na época e de lá pra cá, competi em mais de 70 competições de todas as federações existentes no Brasil (WABDL, WNPF, FIB/CONBRAFA, AAU e IPF) e em várias cidades e estados diferentes incluindo o nosso pais vizinho Uruguai.
Estou sempre estudando, e muito mais aprendendo do que ensinando sobre os esportes de força no Brasil e no mundo, (esse foi um dos motivos que levaram a diretoria da NABBA/FEPAM, especialmente o Sr. Eugenio a aceitar a minha proposta de escrever na revista Musculação e Fitness sobre esportes de força, abrindo esse espaço aos lifters do nosso pais) e quebrando cada vez mais o paradigma de que um cara grande e forte deve ser um ignorante e só serve para ser segurança de cabaré!
Mantenho uma grande rede de relacionamento com levantadores e atletas de outros esportes de força de todo o Brasil, inclusive culturista (não são raras às vezes as quais sou chamado para arbitrar competições de culturismo de âmbito estadual, por possuir certificado de arbitro expedido pela IFBB gaúcha), toda essa galera é a principal fonte de informações das minhas pesquisas junto com a internet.
Procuro principalmente por técnicas, vídeos e os maiores números alcançados por homens e mulheres, claro sem esquecer as particularidades das competições e entrevistas com os atuais mais importantes atletas.
Não quero parecer um atleta chato que sempre fica lembrando tudo o que já ganhou o disputou, pra mim, mais importante que o titulo que não vai ficar tatuado na minha testa é a marca alcançada de 261 kg em competição de supino (por enquanto), toda a verdadeira amizade que fiz nas competições (poucas verdadeiras) a experiência com viagens e culturas diferentes inseridas no mesmo esporte.

Contatos:

E-mail
Site

Voltar